jump to navigation

Magnificat Junho 4, 2008

Posted by amanhecer in Uncategorized.
trackback

Com a festa da “Visitação de Nossa Senhora” encerra-se o mês de Maio, dedicado especialmente a Maria. A visita de Maria à sua prima Isabel é um acontecimento cheio de simbolismo e que deve inspirar o caminho da nossa fé. Maria, ultrapassando todas as dificuldades e perigos da viagem, partiu com disponibilidade para com o serviço e a missão de acompanhar a sua prima Isabel num momento delicado. Da mesma forma devemos “partir” para o projecto de Deus. 

O evangelho de São Lucas narra-nos o encontro de Maria e Isabel (ainda com seus filhos Jesus e João Baptista no ventre) do qual nasce o cântico Magnificat (“A minha alma glorifica o Senhor e o meu espírito se alegra em Deus, meu Salvador”[…]) que demonstra a forma generosa com que Maria vive o caminho que Deus lhe concebeu.

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Lucas
Naqueles dias,
Maria pôs-se a caminho
e dirigiu-se apressadamente para a montanha,
em direcção a uma cidade de Judá.
Entrou em casa de Zacarias e saudou Isabel.
Quando Isabel ouviu a saudação de Maria,
o menino exultou-lhe no seio.
Isabel ficou cheia do Espírito Santo
e exclamou em alta voz:
«Bendita és tu entre as mulheres
e bendito é o fruto do teu ventre.
Donde me é dado
que venha ter comigo a Mãe do meu Senhor?
Na verdade, logo que chegou aos meus ouvidos
a voz da tua saudação,
o menino exultou de alegria no meu seio.
Bem-aventurada aquela que acreditou
no cumprimento de tudo quanto lhe foi dito
da parte do Senhor».
Maria disse então:

«A minha alma glorifica o Senhor
e o meu espírito se alegra em Deus, meu Salvador.
Porque pôs os olhos na humildade da sua serva:
de hoje em diante me chamarão bem-aventurada todas as gerações.
O Todo-poderoso fez em mim maravilhas,
Santo é o seu nome.
A sua misericórdia se estende de geração em geração
sobre aqueles que O temem.
Manifestou o poder do seu braço
e dispersou os soberbos.
Derrubou os poderosos de seus tronos
e exaltou os humildes.
Aos famintos encheu de bens
e aos ricos despediu de mãos vazias.
Acolheu a Israel, seu servo,
lembrado da sua misericórdia,
como tinha prometido a nossos pais,
a Abraão e à sua descendência para sempre»
.

Maria ficou junto de Isabel cerca de três meses
e depois regressou a sua casa.

Deixamos a sugestão do cântico “Vim aqui”, com o desejo de que este nos aproxime mais da generosidade de Maria.

Vim aqui, ó virgem Mãe
Sem saber o que dizer
Eu olhava a tua imagem
Não a conseguia ver
Sentei-me e assim fiquei
Em silêncio a pensar
Senti descer, ó Mãe
Sobre mim o teu olhar
Foi então que eu comecei
Com alegria a rezar

Comentários»

1. Takerrownnede - Dezembro 12, 2009

Awesome, I did not heard about that till now. Thanks!!


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: